O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, não aceitou que Montillo devolva dois meses de salários recebidos por ter ficado sem atuar, enquanto se recupera de lesão.

– Não vou mudar a posição. O atleta está contundido e fazendo tratamento prescrito pelos médicos do clube – disse CEP ao repórter Marcelo Baltar, do site Globoesporte.com.

O argentino publicou nesta terça-feira um desabafo em sua conta no Instagram contra os críticos de que seria “chinelinho” e disse que devolveria dois meses de salário ao clube.

Durante a noite desta terça, o Globoesporte.com chegou a publicar que Carlos Eduardo Pereira, desta vez, aceitaria a devolução. Mas depois corrigiou a informação.

Fonte: Globoesporte.com