Com mais um ano de contrato no Sporting-POR, o argentino Hernán Barcos negocia a sua saída e foi procurado pelo Botafogo. O centroavante é o nome de peso que a diretoria alvinegra pretende anunciar para o Brasileiro. A princípio, ele reluta, no entanto, a dizer ‘sim’ e autorizou os seus representantes a sondar outros clubes. O seu nome foi oferecido nesta semana a Grêmio e Inter.

As cifras são consideradas dentro da realidade nacional.

Barcos pede um salário de R$ 350 mil mensais mais luvas que ficariam em torno de R$ 1,2 milhão.

O gerente de futebol do Botafogo, Antônio Lopes, foi flagrado na última semana em reunião com o irmão e empresário do atleta, David Barcos, no Rio de Janeiro, e acenou que não teria problema em aguardar até a abertura da janela de transferências internacionais, em 22 de junho.

O vice-presidente de futebol do Glorioso, Cacá Azeredo, confirmou nesta quinta-feira, durante a apresentação dos novos uniformes, estar apenas em compasso de espera por uma resposta vinda de Lisboa. “Falo todos os dias com o irmão. Estamos aguardando. Quem sabe não damos esse presente ao torcedor?”, disse.

O jogador de 32 anos tem chegada prevista a Porto Alegre em breve, mas, segundo o seu estafe, somente para passar férias

Ele foi preterido pelo compatriota Ariel Nahuelpán, do Pachuca-MEX, no Inter e não é o camisa 9 que a diretoria colorada ainda tenta para ser titular. O Grêmio, por sua vez, classifica como ‘zero’ a chance de sua volta ao clube.

Antes de Barcos, o Botafogo sondou, sem sucesso, Kleber Gladiador, do Coritiba.

Fonte: ESPN.com.br