Rafael Marques: ‘Eu não saí do Botafogo, Assumpção que me vendeu. Queria ficar’

Compartilhe:

Hoje destaque no Palmeiras, Rafael Marques podia ter ficado mais tempo no Botafogo. No início de 2014, quando o time se preparava para disputar a Libertadores, ele foi negociado com o Henan Jianye, da China. Porém, a contragosto, como revelou ao Fox Sports, na última semana.

– Eu não saí do Botafogo, o Botafogo me vendeu. Quando chegou proposta, o presidente falou que aceitava e era para conversarem com o empresário e o jogador. Pensei “pô, fiz um ano desses, ajudei a chegar à Libertadores e não tem o interesse do clube”. Não posso ficar em um lugar onde não me querem bem. Não estou falando de elenco ou funcionários, mas de diretoria. Era o Mauricio Assumpção o presidente. Se dependesse de mim, eu continuava no Botafogo e disputava a Libertadores. Não fui para a China por causa de dinheiro, mas dessa situação – afirmou Rafael Marques.

– Se tivesse um contato (da diretoria) comigo, falando que o clube chinês me queria e que o Botafogo pretendia me vender, eu entenderia muito bem. Mas não houve esse contato. Atitude de homem. Era só falar que a proposta do mercado chinês era boa para o clube – complementou.

Após 21 jogos sem fazer gols, Rafael Marques fez um excelente ano de 2013 no Botafogo e deixou saudades na torcida.



Fonte: Redação FogãoNET
Comentários