Apresentado pelo 1860 Munique com a camisa 12 – inspirado no francês Thierry Henry -, o atacante Ribamar ainda não foi liberado pelo Botafogo. O Alvinegro ainda aguarda o pagamento dos € 2,5 milhões (aproximadamente R$ 9 milhões) a que tem direito pela venda, segundo o site Globoesporte.com.

Com isso, o Botafogo ainda não emitiu o documento que libera o jogador para atuar no futebol alemão. A diretoria alvinegra, entretanto, permitiu a assinatura do jogador após ter sido procurada por um investidor estrangeiro que é ligado ao 1860 Munique e se responsabilizou pelo pagamento. O depósito foi prometido para semana que vem.

Ribamar é a contratação mais cara da história do 1860 Munique, que contratou recentemente outro atacante brasileiro: Victor Andrade, de 20 anos, revelado pelo Santos e que estava no Benfica.

Fonte: Globoesporte.com