O atacante Emerson Sheik está próximo de sair do Corinthians. O jogador não tem participado dos jogos do clube paulista e ficou de fora até do time reserva, que disputou a última rodada de classificação do estadual de São Paulo, mas não avançou na competição.

Em entrevista ao Terra, o empresário Reinaldo Pitta listou vários clubes interessados no atacante. Os dois arquirrivais de Minas Gerais estão no páreo, segundo o agente.

“Só posso falar alguma coisa depois que o Corinthians me dizer alguma coisa. Não vou fazer nada até lá. E se nada acontecer, melhor. O Emerson ainda quer jogar mais dois anos, está bem e gosta do Corinthians. Agora, posso dizer que Santos, Internacional, Atlético Mineiro, Botafogo, Flamengo e Cruzeiro já mostraram interesse no jogador. Eu diria que se o Emerson saísse agora, haveria clubes interessados”, disse Pitta.

O presidente Alexandre Kalil alegou que o salário do atacante, cerca de R$ 520 mil, seria empecilho para a contratação. O nome do atleta foi envolvido em uma possível troca com André, reserva do Galo.

“Não fui procurado, mas obviamente que o André tem preço, é um garoto ainda. Pessoalmente, gosto do Sheik, mas não tenho a menor condição de trazê-lo. São valores totalmente fora do nosso padrão. Se quiserem o André, eles sabem que têm que me procurar. É um sonho de uma noite de verão trazer o Sheik. Não vou trocar um jogador de 24 anos por um de 35. Não sou bobo”, declarou Kalil à época.

A diretoria do Cruzeiro nunca se posicionou oficialmente sobre o atacante. Notícias divulgadas por jornais cariocas dão conta de que o Botafogo é o mais próximo de anunciar o jogador. O clube carioca quer a contratação para a fase eliminatória da Copa Libertadores.

Pelo Corinthians, Sheik tem marcas importantes. Ele foi campeão estadual, da Copa Libertadores, do Brasileiro e Mundial. Os dois gols da final continental, contra o Boca Juniors, em 2012, foram do atacante.

Fonte: Superesportes e Terra