Seedorf acalmou time no vestiário: ‘Sabemos nossa força’

Compartilhe:

Poucos jogadores do Botafogo tinham tanta expectativa para estrear no Maracanã quanto Seedorf. Porém, quem imaginou que seria ele o responsável por uma bronca no grupo pelo empate sofrido no último minuto contra o Flamengo se enganou. O LANCE! conversou com uma fonte que esteve presente no vestiário do Glorioso após o clássico e revelou que o camisa 10 foi primordial para que os ânimos se acalmassem.

Como um pai, o holandês reuniu o elenco, até então muito exaltado, e na hora da oração mostrou que a experiência lhe rendeu frutos.

– Não precisa se estressar. Foi um jogo difícil, é um clássico. Vamos ganhar no próximo jogo para valorizar esse empate aqui. Sei que todo mundo está p…, mas sabemos a nossa força e vamos continuar em cima para ganhar os jogos e o título – afirmou o camisa 10.

Se por um lado Seedorf foi o jogador que pôs panos quentes, outros líderes do plantel (Jefferson, Bolívar e Renato) mostraram muita irritação. Não houve crítica a alguém especificamente, mas nenhum deles se privou de reclamar. Depois, entraram na mesma linha de raciocínio do companheiro holandês.

Por sua vez, o técnico Oswaldo de Oliveira, como de costume, preferiu não falar nada de muito forte naquele momento delicado. Ele, assim como Seedorf, passou força para o elenco e deixou o local para que os jogadores conversassem entre si. A prática é tradicional do comandante, mesmo em partidas nas quais o Alvinegro sai vitorioso.

Se faltou maturidade para que o time deixasse o campo com a vitória, que a atitude de Seedorf sirva para que os erros não se repitam.

Fonte: Lancenet!

Comentários