O Botafogo segue trabalhando nos bastidores para acertar com um centroavante para a disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-Americana. Nesta semana, Rafael Moura voltou a ser oferecido ao Alvinegro e a entrar em pauta. Há brecha orçamentária com o empréstimo do Kieza ao Fortaleza, até dezembro, e o departamento de futebol analisa a negociação do He-Man, atualmente sem clube.

Rafael Moura, ex-Fluminense, é um desejo antigo do Botafogo, que o tentou contratar com afinco no fim de 2017. À época, He-Man era o plano A da diretoria, porém o negócio não se concretizou, já que ele optou ficar no Atlético-MG. No início deste ano, Moura chegou a ser sondado; não houve avanço.

Em 2018, Rafael Moura esteve no América-MG, onde marcou nove gols em 40 partidas. No Botafogo, caso haja um acordo em relação a tempo de contrato, salários e bonificações, o atleta de 35 anos se juntaria a Diego Souza e ao jovem Igor Cássio como os centroavantes do elenco de Eduardo Barroca.

Além de Kieza, outro centroavante que iniciou 2019 no Botafogo foi o uruguaio Rodrigo Aguirre, que, em meados de janeiro, aceitou a proposta da LDU (Equador). Cabe lembrar que Santiago Tréllez, no Internacional e emprestado pelo São Paulo, é mais um nome em uma lista trabalhada internamente para o clube repor o setor.

Fonte: Terra