Após empatarem por 2 a 2 no interior paulista no confronto de ida, Botafogo e Bragantino se reencontram nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ), pelo duelo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Com o resultado da primeira partida, quem ganhar avança e empates até 1 a 1 servem aos cariocas, pois os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate. Um novo 2 a 2 forçará a disputa de pênaltis.

Os dois times lutam contra a irregularidade. O Botafogo, que vem de derrota de 2 a 1 para a Chapecoense, voltou para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O Bragantino, que perdeu pelo mesmo placar para o Vasco no sábado, também está na degola da Série B. Apesar disso, existe o consenso de que o que acontece em outras competições não interfere nesta quarta-feira.

“Não podemos pensar no que vem acontecendo no Campeonato Brasileiro, pois o foco neste momento é o time do Bragantino, que vai nos dar trabalho. Temos que conseguir a classificação de qualquer maneira, pois é isso que se espera do Botafogo”, disse o goleiro Sidão.

O técnico Ricardo Gomes também analisou as chances do Botafogo na partida e pediu para seus jogadores esquecerem a vantagem do empate.

“Não podemos entrar em campo para fazer um jogo dentro de nossa casa pensando em nos defendermos para conseguirmos a classificação. O Botafogo tem uma maneira de jogar que sempre pensa em obter a vitória e não podemos mudar agora. Conseguimos a vantagem na partida de ida porque atacamos durante os noventa minutos e é essa postura que quero ver do time nesta quarta-feira”, avisou Ricardo Gomes.

O treinador do Botafogo não quis antecipar a escalação que pretende utilizar. Porém, pode acabar preservando alguns atletas mais desgastados de olho no confronto contra o líder Palmeiras, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

No Bragantino, o técnico Marcelo Veiga prega a velocidade como principal arma para sua equipe ganhar.

“O Bragantino vai a campo pensando em conseguir a classificação. Sabemos que o Botafogo conseguiu uma vantagem importante, tem grande tradição e joga em casa, carregando o favoritismo. Porém, nosso time tem condições de surpreender e vamos com esse pensamento”, disse Veiga.

Para este compromisso o Bragantino não poderá contar com o atacante Rafael Grampola, que já defendeu o Gama na Copa do Brasil. Sendo assim, Erik deve ganhar uma oportunidade na frente, com o time jogando com mais velocidade.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO X BRAGANTINO

Local: Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 27 de julho de 2016, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

BOTAFOGO: Sidão; Diego, Joel Carli, Emerson Santos e Victor Luis; Aírton, Rodrigo Lindoso, Fernandes e Camilo; Neilton e Gustavo Canales

Técnico: Ricardo Gomes

BRAGANTINO: Felipe; Alemão, Ednei, Éder Lima e Bruno Pacheco; André Rocha, Gabriel Dias, Marcos Paulo, Tartá e Daniel Pereira; Erik

Técnico: Marcelo Veiga

Fonte: ESPN.com.br