O pesadelo parece ter ficado para trás. Com a vitória sobre a Chapecoense, o Botafogo chegou aos 44 pontos e praticamente zerou as chances de ser rebaixado. O matemático Tristão Garcia, inclusive, afirma que o time carioca está livre de qualquer possibilidade de queda. No entanto, o Campeonato Brasileiro ainda não acabou e, agora, o Glorioso pode sonhar com algo maior, como uma vaga na Libertadores do próximo ano.

De acordo com os cálculos do matemático Gilcione Costa, da Universidade Federal de Minas Gerais, o Alvinegro tem 2,2% de chances de conquistar uma vaga no principal torneio sul-americano. De olho neste objetivo, a equipe de Zé Ricardo ainda tem duelos contra dois concorrentes: Santos e Atlético-MG.

Em tom cauteloso, o técnico Zé Ricardo ainda vê um pequeno risco de rebaixamento e não quer nem pensar em relaxamento.

– A conta é sempre pensar no próximo jogo. Não acredito que nos livramos. Temos de tentar pelo menos mais dois pontos. Com 46, matematicamente, é difícil cair. Vamos buscar isso na próxima partida – comentou o treinador.

O Botafogo tem seis pontos a menos do que o Atlético-MG, atual sexto colocado do Brasileiro, que garante uma vaga na fase inicial da Libertadores. Para aumentar as chances de disputar o torneio, o Glorioso precisa vencer o Internacional, amanhã, no Nilton Santos.

VOLANTE ADMITE PENSAR NA LIBERTADORES

Confiante após a vitória sobre a Chape, o volante Matheus Fernandes vislumbra algo melhor do que apenas tentar escapar do rebaixamento. Ele não esconde o sonho de voltar a disputar a Libertadores.

– Essa vitória nos deixa mais próximos do pessoal ali de cima. Dá até para pensar um pouco na Libertadores, vamos em busca dos três pontos em casa contra o Internacional. Precisávamos dessas vitórias para subir e ganhar confiança. Mas temos que ficar focados nas próximas partidas. Não podemos perder, pois são pontos muito importantes – analisou.

O atacante Rodrigo Pimpão não falou especificamente na Libertadores, mas almeja um fim de campeonato honroso.

– A batalha é grande, estamos trabalhando e buscando o melhor a cada jogo. Trabalhamos para colocar o Botafogo mais alto o possível na tabela. Vamos precisar do apoio da torcida no jogo contra o Inter. Vamos batalhar para chegar o mais alto possível na tabela – disse.

BRENNER NÃO ESCONDE SONHO

Assim como o volante Matheus Fernandes, o atacante Brenner também sonha alto. Ele vislumbra uma vaga na Libertadores do próximo ano.

– É difícil, mas podemos sonhar com o que quisermos. Estamos com os pés no chão e sabemos dos objetivos que temos que alcançar – ponderou.

Fonte: Terra