A negociação entre Botafogo e Corinthians por Emerson Sheik está perto do fim e ele será feliz para os alvinegros cariocas. As diretorias dos clubes entraram em acordo e a contratação do atacante, por empréstimo até o fim do ano, será anunciada oficialmente até segunda-feira.

Sheik deve ser a grande contratação do Botafogo para a temporada

Foto:  Divulgação

A crise financeira pela qual atravessa o Glorioso não atrapalhou o acerto. Os dois times vão dividir o salário de R$ 520 mil do jogador e os paulistas aceitaram até pagá-lo integralmente enquanto o Botafogo continuar com 100% de sua receita penhorada, desde que sejam reembolsados depois. O Timão exige garantias do Botafogo para, finalmente, liberar Sheik, mas já considera a saída dele como certa.

“Ele pode ficar na folha, e o Botafogo pagar para nós. Ou cada um paga 50%. O jogador tem os direitos dele e é isso que estamos fazendo. Não é uma negociação do dia para a noite. Será bom para os três lados”, explicou o presidente do Corinthians, Mário Gobbi.

Herói na conquista da Libertadores em 2012, com os dois gols na final contra o Boca Juniors, Emerson, de 35 anos, perdeu espaço com a chegada de Mano Menezes, no início do ano. O treinador não quer contar com atacante nem no elenco por considerá-lo mau exemplo para o restante do grupo.

No Botafogo, Sheik chega como a grande contratação de 2014. Quando estiver regularizado, ele deve formar dupla de ataque com el Tanque Ferreyra. Para ainda ter chances de disputar a Libertadores, Emerson tem de torcer para o Alvinegro vencer o San Lorenzo e avançar para as oitavas de final.

Fonte: O Dia Online