Desde que assumiu o Botafogo, o técnico Jair Ventura montou sua equipe para se defender e responder no contra-ataque. A tática deu muito certo e o Alvinegro mudou de patamar com o treinador. Porém, o time estava encontrando dificuldades em jogar sempre da mesma maneira e passou a treinar alternativas.

Após alguns jogos, já é oficial, o Botafogo não tem mais jogado apenas esperando o contra-ataque. Sob nova orientação, o Alvinegro tem ‘gostado’ mais da bola e ficado com ela nos pés mais do que o de costume. Se antes eram passes buscando a transição rápida para o ataque, hoje é possível ver o time girar a posse buscando a melhor jogada.

A alternativa se fez necessária após o Botafogo encontrar dificuldades diante de times que, assim como ele, buscavam jogar no contra-ataque. O que se via eram duas equipes que não faziam questão de ficar com a bola e um jogo pobre de ideias. Isso, inclusive, fez com que o Alvinegro perdesse boas oportunidades de pontos, como em derrotas para Avaí, São Paulo e Vitória no Nilton Santos.

Diante da Chapecoense, há 20 dias, o Botafogo deu indícios que passaria a propor mais. A vitória foi suada e com gol nos acréscimos, mas a postura em campo foi diferente. O mesmo ocorreu diante do Corinthians e, surpreendentemente, contra o Atlético-MG no Independência.

Mesmo jogando fora de casa, o Botafogo fez questão de disputar com o Atlético-MG, especialmente no primeiro tempo, quando os cariocas criaram várias oportunidades de gol com toque de bola. Na etapa complementar, os mineiros fizeram algumas trocas e a situação se inverteu.

“O Atlético realmente cresceu no segundo tempo, aumentaram o volume de jogo, com o apoio da torcida. Tivemos algumas oportunidades, mas acabamos não fazendo o gol. É natural que o time da casa fique com mais posse de bola. Mas foi justo, um bom jogo, com emoções, nenhuma equipe se abdicou de jogar”, disse Jair Ventura após o duelo com o Galo.

Com o empate diante do Atlético-MG, o Botafogo chegou aos 48 pontos e pulou para a quinta posição – o Cruzeiro, com 47, entra em campo nesta segunda e pode recuperar a vaga. O Alvinegro volta a campo no sábado, quando receberá o Fluminense, no Nilton Santos.

Fonte: UOL