Torcida do Botafogo chama time de amarelão e grita nome de Cuca após empate

Compartilhe:

 Mesmo com o apoio da torcida, o Botafogo não conseguiu se manter no G4. A equipe do técnico Oswaldo de Oliveira empatou em 0 a 0 com a Portuguesa, nesta quarta-feira, no Maracanã, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após o final da partida, o torcedor alvinegro perdeu a paciência de vez com o time e mais uma vez sobrou para Oswaldo, que teve que escutar o nome do Cuca na saída do gramado.

Porém não foi só o treinador que escutou a reclamação do torcedor, gritos como  “Time amarelão” e “Acabou o amor”, foram escutados pelos jogadores do Botafogo. Na saída de campo, o lateral-esquerdo Júlio César optou pelo discurso de que mesmo fora da zona de classificação, o time segue na disputa.

” Ainda estamos na briga. Ficamos  chateados por sair do G-4. A Portuguesa marcou atrás da linha da bola o tempo todo. Temos um jogo decisivo no sábado e vamos levantar a cabeça”, disse o jogador.

O atacante Rafael Marques reforçou o discurso do companheiro. “Não falou vontade, raça e determinação. Sabemos o quanto isso nos deixa chateados. Vamos erguer a cabeça, não adianta. Vai ser assim até o final e vamos brigar sempre”, completou o alvinegro.

O zagueiro Bolívar foi outro que ressaltou que esse é um momento para se ter calma e tranquilidade na competição. ” Quem acompanhou a partida viu que a bola não entrou. Vamos ter paciência. Sabemos que está afunilando a competição e precisamos de personalidade nessa reta final”, finalizou.

Fonte: UOL

Comentários