O técnico Ricardo Gomes conseguiu fazer uma limonada com os poucos limões dados pela diretoria do Botafogo e levou o time a um honroso vice-campeonato carioca, algo que poucos esperavam depois de desmontada a base que conquistou o título da Série B do Campeonato Brasileiro. Na visão de diversos analistas e da comissão técnica, faltou experiência para transformar em caneco o domínio sobre o Vasco nos dois jogos da final. Devido a isso, a diretoria está em busca de reforços, e a prioridade é a chegada de um camisa 10 e de um centroavante.

Para o Campeonato Brasileiro, o Botafogo já acertou com o lateral Victor Luis, ex-Palmeiras, com o meia Marquinho, que se destacou pelo Macaé no Campeonato Carioca, e com os atacantes Giovane Maranhão, outro que disputou o Estadual do Rio de Janeiro, só que pelo Madureira, e Anderson Aquino, que estava no Linense. Na visão de Ricardo Gomes, estes reforços ainda são poucos, mas o treinador aposta na recuperação do meia argentino naturalizado boliviano Damián Lizio e do atacante argentino Yaca Núñez.

“Nós sabemos que faltou experiência nesta decisão, que o resultado poderia ser outro. Já estamos conversando com a diretoria sobre reforços, como a chegada de um camisa nove mais experiente. Além disso, o Lizio e o Núñez já estão fazendo uma leitura melhor do ritmo do futebol brasileiro. Vamos estrear o Marquinho e o Anderson Aquino, mas estamos atentos ao mercado. Estou esperançoso em relação ao futuro”, disse Gomes.

O nome pretendido para ser o centroavante é o do argentino Hernán Barcos. O Pirata, que defendeu Palmeiras e Grêmio no Brasil, não atravessa um bom momento em Portugal, onde defende o Sporting. O jogador vê com bons olhos a chegada ao Botafogo.

Quanto a um camisa 10, ainda não há sugestões de nome desde que Alex, que está no Internacional, recusou a proposta feita pela diretoria do Botafogo. O clube está buscando soluções no mercado sul-americano.

Dentro de campo o elenco volta a treinar na manhã desta terça-feira (10 de maio) e, em seguida, a delegação viaja para Juazeiro (BA), onde na quinta-feira enfrenta o Juazeirense a partir das 19h15 (de Brasília), no Estádio Adauto Moraes, pela rodada de ida da segunda fase da Copa do Brasil. A estreia no Campeonato Brasileiro será no domingo, às 11h (de Brasília), contra o São Paulo, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Ainda nesta segunda-feira a diretoria do Botafogo apresentou uma proposta de reajuste salarial para tentar segurar Ricardo Gomes, que tem proposta do Cruzeiro para ganhar o triplo do seu atual salário. O Glorioso não cobriu a proposta cruzeirense, mas aposta no desejo da família do treinador de permanecer no Rio de Janeiro, onde ele ainda faz tratamento para se recuperar de sequelas do AVC sofrido em 2011. Uma definição acontecerá nesta terça-feira.

Fonte: Gazeta Esportiva