Principal destaque do Botafogo na temporada, Willian Arão desperta o interesse de clubes da Primeira Divisão e de fora do país. A diretoria alvinegra já se mobilizou para renovar o contrato do camisa 8, que vence no fim do ano, mas ele prefere não confirmar se permanecerá no clube.

“Penso no dia a dia e em cumprir este contrato com o Botafogo. O que vier nesta terça, foge à minha alçada. Estou feliz aqui. Espero dar continuidade a este momento e ajudar o Botafogo na volta à Série A”, disse o volante.

Uma reunião entre dirigentes do clube e o empresário de Arão, Flávio Trivella, deu início à negociação para a assinatura de um novo vínculo, porém, o desfecho ainda está longe.

Atualmente, o salário do volante está dentro do teto estipulado pela cúpula de futebol. O interesse de outros times, entretanto, valorizou o jogador, que só ficará se tiver seu vencimento reajustado.

Revelado pelo Corinthians, Willian Arão fez parte do grupo campeão da Libertadores e do Mundial em 2012. Sem espaço, acabou emprestado a clubes de menor expressão como Portuguesa, Chapecoense e Atlético-GO. Foi no Botafogo, entretanto, que encontrou seu melhor futebol.
As atuações no Carioca chamaram a atenção pela dinâmica.

Com facilidade para desarmar e chegar ao ataque, o volante se tornou a principal peça da engrenagem montada por René Simões. A importância do camisa 8 é tanta que o treinador acredita que a decisão do Estadual teria outro resultado se ele não tivesse se machucado no primeiro tempo.

A identificação com a torcida aconteceu rapidamente e o jogador espera brindar sua ótima fase com uma vitória sobre o Boa Esporte, na sexta, que fará do início da campanha do Alvinegro o melhor da história da Série B nos pontos corridos.

“Estamos vivendo um ótimo momento e a torcida vem nos apoiando, agora, mais ainda por conta da liderança isolada. Esperamos que a torcida compareça e que a gente faça um grande jogo para que eles façam a festa”, disse o volante.

Na partida, Arão terá a companhia de Giaretta na proteção à zaga. O defensor ficará com a vaga de Marcelo Mattos, que deve deixar o clube depois que a diretoria afirmou que não pode pagar seu salário.

Fonte: O Dia Online