Com muitos erros da zaga, incluindo um pênalti bisonho de Renan Fonseca e um gol contra do garoto Emerson, o Botafogo perdeu para o Cruzeiro por 5 a 2 nesta quinta-feira, diante de quase 5 mil pagantes na Arena Botafogo, e praticamente deu adeus ao sonho de chegar às quartas de final da Copa do Brasil. O Glorioso terá de vencer por quatro gols de diferença no Mineirão, na partida de volta marcada para o dia 21.

Sassá abriu o placar para o Botafogo aos 38 minutos do primeiro tempo, de cabeça, após cruzamento de Diogo Barbosa. O Cruzeiro chegou ao empate no último lance da etapa inicial, após Renan Fonseca fazer pênalti infantil em Henrique – Ábila converteu a cobrança. No segundo tempo, Sassá recolocou o Fogão em vantagem, mas o bandeirinha, equivocadamente, assinalou impedimento. Botafogo prejudicado.

Airton protege a bola de Robinho (FOTO: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Airton protege a bola de Robinho (FOTO: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Logo depois do gol mal anulado, o Cruzeiro virou a partida, com gol contra de Emerson. No minuto seguinte, Neilton empatou para o Botafogo, completando de carrinho o cruzamento de Luis Ricardo. Mas aí o Cruzeiro se aproveitou dos espaços e marcou dois gols num intervalo de apenas quatro minutos: com Ábila (se metendo entre dois marcadores) e Robinho, após Arrascaeta fazer um carnaval na defesa alvinegra. No último lance, Willian fechou a conta, depois de uma cena grotesca da defesa alvinegra.

Agora, o Botafogo terá de voltar o foco para o Campeonato Brasileiro. Serão dois jogos importantíssimos em sequência em casa, na Arena Botafogo: domingo, às 16h, contra o Grêmio, em jogo remarcado da 19ª rodada, e quarta-feira, feriado do Dia da Independência, no mesmo horário, contra o Fluminense.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 5 CRUZEIRO

Local: Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Renda e público: R$ 143.920,00 / 4.491 pagantes / 4.959 presentes
Cartões amarelos:
Emerson (BOT); Ábila (CRU)
Cartões vermelhos: –
Gols: Sassá, aos 37 minutos do primeiro tempo (BOT); Ábila, aos 45 minutos do primeiro tempo (CRU); Emerson (contra), aos 13 minutos do segundo tempo (CRU); Neilton, aos 14 minutos do segundo tempo (BOT); Robinho, aos 21 minutos do segundo tempo (BOT)

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Santos e Diogo Barbosa; Aírton (Canales), Bruno Silva (Leandrinho), Rodrigo Lindoso e Camilo; Neilton (Rodrigo Pimpão) e Sassá – Técnico: Jair Ventura

CRUZEIRO: Rafael, Lucas, Manoel, Bruno Rodrigo e Edimar; Ariel Cabral(Lucas Romero), Henrique, Robinho, Arrascaeta e Rafael Sóbis (Rafinha); Ábila (William) – Técnico: Mano Menezes

Fonte: Redação FogãoNET