O último resultado positivo do Botafogo no Campeonato Brasileiro aconteceu no dia 23 de setembro, quando bateu o Vitória por 4 a 3 no Barradão. De lá para cá, são três empates e uma derrota na competição. Amanhã (27), o Glorioso visita o Atlético Paranaense, equipe fortíssima em seus domínios. Com 35 pontos, a dois do Z4, o Alvinegro Carioca precisa vencer para não se complicar. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o técnico Zé Ricardo afirmou que na situação em que a equipe se encontra na tabela, o único resultado em mente é a vitória.

“Na situação em que estamos, não tem como não pensar em vencer. Ir com uma boa estratégia, sabendo das dificuldades. Precisamos vencer a partida”, disse.

Perguntado sobre uma possível mudança no esquema tático da equipe, Zé Ricardo afirmou que não haverá surpresa, exceto a volta do meia Leo Valencia, recuperado de lesão.

“Nossa responsabilidade, quando a equipe não consegue um jogo favorável dentro do rendimento que está tendo, é buscar solução. Contra o Bahia poderia ter sido um momento importante para a gente se vencêssemos, agora é buscar os pontos fora de casa. Não tem surpresa, talvez uma mudança de característica com a troca de um jogador ou outro, uma postura mais agressiva, competitiva”, declarou.

Adversário

Por conta do duelo de volta contra o Bahia na próxima quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, Tiago Nunes pode optar por mandar o Atlético-PR a campo com uma equipe alternativa. No entanto, Zé Ricardo acredita que o Furacão irá com o que tiver de melhor e pontuou que sempre prepara o Botafogo para enfrentar a força máxima dos adversários.

“Eu, particularmente, não acredito. Acho que vão com força máxima. Com duas competições concomitantes, a gente procura ver quem está em melhores condições, não simplesmente trocar titular por reserva. Alguns atletas necessitam de mais tempo para uma recuperação plena, então pode acontecer de forma pontual. Por isso nossa preparação sempre é para enfrentar a força máxima do adversário”, concluiu.

Botafogo e Atlético Paranaense medem forças amanhã, às 21h (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba. A partida é válida pela 31ª rodada do Brasileirão.

Fonte: Esporte 24 Horas