O técnico Ricardo ingressou dias desses com uma ação trabalhista contra o Botafogo. Trata de direitos não pagos durante sua passagem pelo clube, que foi de agosto de 2018 a abril de 2019. Cobra um total de R$ 1,452 milhão entre salários e 13º proporcionais, multa por rescisão antecipada, FGTS e indenização de 40%, por exemplo. O caso está na 18ª Vara do Trabalho do Rio.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Fonte: Blog do Ancelmo Gois - O Globo Online