O Botafogo conquistou a quarta vitória consecutiva ao bater o Internacional por 1 a 0 neste domingo, no Nilton Santos. O triunfo zerou qualquer risco de rebaixamento e a conquista foi muito comemorada no vestiário. Isso porque há algumas rodadas o Alvinegro era um dos fortes candidatos a deixar a elite do futebol brasileiro.

O técnico Zé Ricardo não escondeu a felicidade com o feito da equipe e já projeta uma decisão contra o Santos na quarta-feira, na Vila Belmiro. Os dois estão com pontuação parecidas e sonham com a mesma distante vaga na pré-Libertadores. Quem vencer seguirá vivo na briga.

“A gente estava com número de vitórias baixo, entendia que precisava naquela ocasião [após derrota para o Bahia] de mais quatro, cinco vitórias. Naquele momento era uma coisa que se não trabalhasse jogo a jogo parecia dificílimo. Foi uma conjunção de fatores, esse grupo é de homens. Passei a admirá-los e entendê-los também. As grandes conquistas são feitas em grupo. Estou muito feliz, espero manter esse astral e humildade. Queremos coisas grandes. Se tivermos possibilidade, vamos lutar”, disse o treinador.

Coincidentemente a série de vitórias se fez possível a partir do momento em que a diretoria realizou uma promoção de ingressos para a partida contra o Corinthians, com entradas a partir de R$ 2,50. O Alvinegro recebeu bons públicos, mas não lotou o estádio. O treinador convoca os torcedores para a despedida da temporada no próximo domingo contra o Paraná.

“Torcida entendeu nossa necessidade, mostrou que é fundamental para a gente. Tomara que daqui a uma semana, nosso último jogo aqui, possamos fazer lotação máxima, 40 mil, faço um apelo. Não deixe um espaço vazio. Além de se despedir de 2018, vai ser fundamental. Pode ser uma vitória que nos empurre para a pré-Libertadores. Não tem problema sonhar”, afirmou.

Com a vitória, o Botafogo chegou aos 47 pontos e pulou para a 10ª posição do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro está a seis do Atlético-MG, último time a se classificar para a Libertadores. O time volta a campo na quarta-feira, quando mede forças com o Santos, na Vila Belmiro.

Fonte: UOL