A partida entre Botafogo e Corinthians não ficou marcada apenas pelo que aconteceu dentro de campo. Após o término do confronto, o atacante Clayson do clube paulista foi detido, acusado de agredir dois policiais no Nilton Santos.

 

O jogador corintiano foi conduzido ao Juizado Especial Criminal (Jecrim) prestou depoimento e foi liberado. O atleta negou a agressão e afirmou ter apenas abaixado a mão do policial.

Os jogadores corintianos deixaram o Nilton Santos irritados com a arbitragem de Rodrigo Batista. O lance mais polêmico do jogo aconteceu nos acréscimos. Os alvinegros reclamam de um suposto pênalti de Igor Rabello em Jô, que foi ignorado pelo árbitro.

Fonte: O Dia Online