Adiado, julgamento de Ato Trabalhista será, na melhor das hipóteses, em setembro

Compartilhe:

O julgamento para ver se Botafogo voltava ao Ato Trabalhista, que estava marcado para esta quinta-feira pela manhã, foi adiado a pedido do Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro para vistas do processo. Sem a sessão no TRT (Tribunal Regional do Trabalho do Rio), o clube alvinegro segue com as receitas bloqueadas.

A proposta que iria ser julgada permitiria à diretoria do Botafogo parcelas um débito de cerca de R$ 10 milhões em dez anos, fazendo com que o clube pudesse ter condições de pagar as dívidas com atletas e funcionário. Agora, um novo julgamento deve acontecer, na melhor das hipóteses, no inicio do mês de setembro.

Na semana passada, o Botafogo conseguiu desbloquear junto ao Sindicato dos Empregados de Clubes do Rio (Sindeclubes-RJ) R$ 2,5 milhões, dinheiro que foi usado para o pagamento dos salários da maioria dos jogadores.

Porém, o valores atrasados de direito de imagem, que representam grande parte dos vencimento, seguem atrasados. Enquanto isso, o presidente Maurício Assumpção segue pressionado dentro do clube.

Fonte: ESPN.com.br

Comentários