Menos de um mês depois de ser operado, Airton garante já ter evoluído e já projeta retorno para setembro. No último dia 4, na partida diante do Flamengo, o volante sofreu uma fratura na fíbula do tornozelo direito, após prender o pé no gramado do Estádio Raulino de Oliveira. 

No lance da contusão, Airton disputava bola com William Arão, ex-jogador do Botafogo. O volante, entretanto, isentou o rival de qualquer culpa na lesão e ainda revelou ter recebido mensagem de apoio e motivação do jogador rubro-negro.

“Não (se Arão teve culpa). Nenhuma culpa. Ele chegou a me mandar mensagem, dizendo que estaria orando pela minha recuperação. Ele me mandou mensagem falando isso. Ele (Arão) não teve culpa”.

Confira, abaixo, os demais trechos da entrevista de Airton com o Esporte Interativo:

Como está sendo a recuperação?

Está sendo muito boa. Estou evoluindo bem e já consigo colocar os pés no chão. O médico já disse para eu começar a dar alguns passos sem a muleta. Estou indo bem.

Acha que volta dentro do prazo inicial?

A previsão inicial era de dois meses e meio a três meses. Acredito que volte em setembro. Assim espero (risos). Quero ajudar muito o Botafogo ainda.

Seu contrato vai até dezembro. Acredita que a contusão pode atrapalhar a sua renovação?

Não sei. Eles estavam conversando com o meu empresário e não sei como está a situação. Sei que eles (clube e representantes) estavam conversando. Espero renovar. Até porque eu vinha jogando bem.

Como está sendo ficar em casa sem poder exercer a sua profissão?

É complicado. A gente, diante da família e amigos, tenta tirar forças para retornar o mais rápido possível. Quero voltar a fazer o que mais gosto. Mas acontece. Agora é ficar com a cabeça boa para voltar melhor ainda. Agora tenho mais tempo para ficar com filhos e esposas. Família é tudo. 

A sua fisionomia ao olhar para o local da lesão foi de agonia. O que você sentiu?

Fiquei nervoso. Se você reparar as filmagens, eu falo: “Quebrou, quebrou”. O meu pé estava torto. Meu pé foi e voltou e eu não sentia. Foi complicado demais. Nunca tinha acontecido isso comigo. Foi a primeira vez que tive uma lesão desse nível. Agora é tratar, recuperar e voltar rápido. 

Montillo pendurou as chuteiras na última quinta-feira (29). Você foi pego de surpresa com a decisão do argentino?

A gente não esperava. Montillo é um cara muito gente boa. um cara trabalhador e bom caráter. A gente não esperava, mas ele acabou sofrendo com lesões e preferiu se despedir. Espero que ele siga a vida dele. Torço que ele tenha tudo de bom na vida dele.

Fonte: Esporte Interativo