No ano passado, foram apenas três gols marcados pelo Botafogo em 25 jogos oficiais. No amistoso do último domingo, o atacante Rodrigo Pimpão mostrou que está disposto a mudar o panorama e brigar por seu espaço na equipe titular de 2017: fez logo dois de uma vez só.

— É importante o Jair (Ventura, técnico) poder contar com todo o grupo, e o nosso grupo é muito forte. Quem está fora precisa estar preparado porque a oportunidade sempre aparece, e precisamos agarrar com unhas e dentes — disse ele: — Todos nós estamos trabalhando muito forte, sempre buscando espaço.

Nos treinamentos, porém, o atacante de 29 anos tem ficado na reserva. Roger, trazido este ano da Ponte Preta, vem sendo o titular. E o clube conta ainda com outras opções para o setor: Sassá, um dos artilheiros do último Brasileiro; Guilherme, emprestado pelo Grêmio; o chileno Canalles; e o camaronês Joel. Nada que assuste Pimpão:

— Ano passado, tive dificuldades quando voltei para o Brasil (o jogador chegou ao Botafogo em maio, vindo do Chile). Mas uma pré-temporada aqui é diferente. Estou me sentindo super bem agora — conta ele, acrescentando que treinou nas férias: — Sempre trabalho. Este ano, foi a mesma coisa: continuei indo para a academia.

Tudo para enfrentar bem a maratona de jogos nesse início de temporada. O elenco treina hoje pela manhã, ainda em Domingos Martins (ES), e volta ao Rio à noite, para estreia no Estadual, amanhã, às 16h30, contra o Madureira, em Moça Bonita. No sábado, o rival é o Macaé.

Fonte: Site oficial do Botafogo