Revelado nas categorias de base do Botafogo após chegar do Paulínia-SP aos 18 anos, o volante Gabriel reencontrará pela primeira vez seu ex-clube neste domingo, quando o Corinthians recebe o Glorioso pelo Campeonato Brasileiro. Ele deixou o clube na Justiça, alegando salários atrasados, no fim de 2014, e revela que esse episódio o deixou bastante chateado.

– Não foi da maneira como eu queria, pois tenho muito respeito e consideração pelo que vivi lá. Na época, o clube passava um momento financeiro péssimo, com muitas dívidas também comigo. Não tive como continuar, e alguns até interpretaram mal, mas quem me conhece sabe que não gostei da situação. Hoje o Botafogo conseguiu se levantar e segui o meu caminho aqui no Corinthians, que é minha casa – disse Gabriel ao Globoesporte.com, mostrando gratidão ao clube que o revelou:

– Essa será minha primeira vez em campo contra o Botafogo. Tenho um respeito muito grande pelo clube. Foi no Botafogo que tive reconhecimento nacional, e foi morando no Rio, sozinho, que cresci como pessoa. Só posso agradecer por tudo que vivi lá. Mas domingo, claro, isso não entra em campo e o pensamento é só de conquistarmos mais três pontos em nossa casa.

Fonte: Globoesporte.com