Após a vitória por 1 a 0 sobre o Juazeirense-BA, que garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil, o Botafogo volta as atenções para o jogo contra o Sport, no domingo (22 de maio), às 18h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro, em Recife, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Ricardo Gomes está preparando sua equipe para uma eventual pressão por parte do Leão. “Temos consciência de que é complicado jogar na Ilha do Retiro, é um adversário muito forte dentro de casa. Será complicado somar pontos. O importante é o time jogar com personalidade, vamos precisar de uma boa leitura do jogo”, analisou o treinador botafoguense.

O lateral-direito Luis Ricardo concorda com o comandante. “O Sport normalmente vence na Ilha do Retiro porque consegue pressionar desde o início e deixar o rival acuado. Podemos fazer um jogo mais tranquilo se nos mostrarmos preparados para suportar essa pressão e não ficarmos acuados no campo. Temos velocidade para jogar no contra-ataque. Portanto, acredito que vamos conseguir um bom resultado”, opinou o lateral.

O volante Bruno Silva corrobora a opinião do companheiro. “Nosso adversário vai querer tirar proveito do fato de jogar em casa e tentará nos pressionar desde cedo. Isso é comum quando se joga na Ilha do Retiro e não podemos dizer que fomos surpreendidos. O importante é termos tranquilidade para controlar isso e encontrar o melhor momento de construir a vitória”, disse o jogador.

O time que entrará em campo só deve ser anunciado por Ricardo Gomes minutos antes do confronto. O zagueiro argentino Joel Carli e o meia Gegê seguem se recuperando de lesões e podem ser relacionados. Neste sábado, o elenco treina pela manhã e, depois da atividade, a delegação segue para o Recife.

Fonte: Gazeta Esportiva