‘Artilheiros’ emperram e Botafogo vê média de gols despencar

Compartilhe:

Rafael Marques, Lodeiro e Seedorf são os principais jogadores do Botafogo neste Brasileiro. Juntamente com Elias eles são os artilheiros do time na competição. Porém, a equipe caiu de produção nas últimas rodadas e acumula três derrotas consecutivas. Nestes jogos, nenhum desses atletas tiveram bom desempenho e emperraram no quesito de balançar as redes. Consequentemente, a média de gols da equipe despencou em relação ao restante do campeonato.

Até a partida contra o Cruzeiro, o Botafogo havia disputado 21 jogos e marcado em 35 oportunidades, o que representa uma média de 1,66. Nas três últimas rodadas, o Alvinegro saiu derrotado marcando apenas em uma oportunidade – 0,33 de gol por confronto. Para acentuar a crise esse tento foi marcado pelo lateral direito Edílson.

O jejum mais longo é o de Seedorf, que não marca há 11 jogo – último gol foi contra o Internacional, no Maracanã. Lodeiro, por sua vez, até deixou sua marca contra o Atlético-MG pela Copa do Brasil, mas no Brasileiro a seca já dura sete jogos quando, coincidentemente também deixou sua marca contra os mineiros.

Rafael Marques não fica atrás. Considerado pelo técnico Oswaldo de Oliveira o maior destaque da equipe, o atacante não sabe o que é balançar as redes há seis jogos. Última vez que arrancou o grito da torcida foi contra o Coritiba, no Maracanã. Já Elias é quem tem o menos jejum. Ele foi decisivo contra o Santos, há três rodadas, quando marcou os dois gols da equipe.

“Não passa pela questão de confiança, mas pela forma como os adversários jogaram. A Ponte Preta jogou muito semelhante ao Bahia e Corinthians. Jefferson também não fez nenhuma defesa, pois não chegaram. Era até a estratégia dele mesmo. Não jogar e não nos deixar jogar. Conseguiram. Sempre dessa forma é difícil chegar. Tentamos a bola alta, cruzada, mas nada deu certo. Insisto que passamos por momento de desequilíbrio na competição, o que é comum. Vamos superar essas dificuldades para voltar a apresentar o nosso melhor futebol”, disse o técnico Oswaldo de Oliveira.

Com o resultado, o Botafogo permanece com 42 pontos e poderia ter encerrado a 24ª rodada na quarta colocação. Porém, apenas o Grêmio venceu e roubou a vice-liderança. Com a derrota do Atlético-PR para o Vitória, o time de General Severiano ocupa agora a 3ª colocação. Mas a briga pela liderança ficou ainda mais complicada. Isso porque o líder Cruzeiro voltou a triunfar e abriu uma diferença de 11 pontos. Na próxima rodada, o Alvinegro encara o Fluminense, nesta quarta, no Maracanã.



Fonte: UOL
Comentários