O Botafogo encarou o Paraná Clube nesta terça-feira (10 de março) pela primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil. O Glorioso venceu por 1 a 0, com gol de Luiz Fernando, e leva a vantagem do empate para a partida da próxima quarta-feira (18), às 19h15, na Vila Capanema.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Paulo Autuori disparou contra o calendário brasileiro para falar do esforço físico e da queda de rendimento do Alvinegro na segunda etapa. Vale lembrar que o Botafogo disputou o clássico contra o Flamengo no sábado e, três dias depois, chegou para jogar contra o Paraná pela Copa do Brasil.

“O calendário é uma realidade, não pode ser usado como bengala. O calendário é ridículo, sempre falei. Mas, quando você ganha, deixa de falar. Se ficarmos falando sempre nessa situação… Hoje, a equipe se comportou melhor, mas teve uma exigência diferente. Estamos mais agressivos, subimos mais a marcação, tentamos jogar mais com passes verticais. Tudo isso exige um esforço maior”.

Autuori também falou do que o torcedor e elenco do Botafogo podem esperar com a estreia e entrada de Keisuke Honda ao time.

“Sei a cabeça do Honda e do japonês em geral. Vai entrar um jogador com característica diferente. E que mais acrescentar muito no nosso jogo de criação, mais agudo. O Honda sempre joga para frente. Quando domina, já prepara o corpo para fazer essa bola entrar. E vamos precisar de movimento dos atacantes”, finalizou Autuori.

Fonte: Fox Sports