Em tom sereno, o técnico Eduardo Barroca evitou fazer críticas à atuação do Botafogo na derrota para o Fortaleza por 1 a 0 nesta segunda-feira no Castelão – a terceira seguida neste Campeonato Brasileiro. O comandante alvinegro defendeu o elenco e chamou para si a responsabilidade de buscar alternativas.

– Precisamos nesse momento de não falar muito e continuar trabalhando, levantar a moral dos jogadores. Estou mais uma vez aqui de peito aberto para defender meus jogadores, que estão se dedicando. Não estamos indo para a guerra, já estamos na guerra. Precisamos nos reerguer porque a competição tem essa característica de oscilação, precisamos vencer o Fluminense e quebrar essa sequência. Ainda temos uma gordura na pontuação, mas precisamos ganhar para voltar a brigar por algo grande – disse Barroca.

Com o Botafogo sem condições financeiras de fazer contratações e com poucas opções no elenco – nesta segunda-feira foram cinco jogadores formados na base como titulares -, Eduardo Barroca deixou claro que é preciso achar soluções internamente.

– Não é momento para apontar erro, e sim de buscar solução. É claro que não estamos satisfeitos. Hoje não temos mais nenhuma possibilidade de contratar ninguém, então precisamos nos reerguer dentro desse contexto – finalizou.

Com 27 pontos e na 12ª colocação no Campeonato Brasileiro, o Botafogo agora terá uma sequência de dois jogos em casa, contra Fluminense, domingo, e Goiás, dia 9.

Vote na enquete abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET