A sequência da carreira de Biro Biro está ameaçada, e os próximos meses serão decisivos nesse sentido. O atacante ficará afastado por um tempo, ainda indefinido, para realizar uma bateria de exames e até mesmo uma provável cirurgia.

O Botafogo age com cautela e não tem pressa para que tudo seja resolvido da melhor maneira. Até mesmo por isso a expectativa do clube é contar com o atacante em 2020 desde que o atleta esteja em plenas condições.

O jogador revelado pelo Fluminense ficará 15 dias em repouso para iniciar os testes sob a supervisão do cardiologista Eduardo Saad, que é o responsável para o seu tratamento desde o ano passado quando corrigiu uma arritmia.

Fonte: UOL