Com a saída de Osvaldo Oliveira e Seedorf, o atual campeão precisará de um tempo para construir novo modelo de jogo.

E de sorte!

O elenco ainda não está completo, o calendário é ingrato para o Botafogo e a torcida não me parece muito disposta a tolerar os percalços.

Até estrear na Libertadores, o técnico Eduardo Húngaro terá um jogo do Estadual a cada três dias.

Não será fácil!

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online