Blog: ‘Lento, Botafogo parece time de totó. Se não fosse o Náutico, não sei se venceria’

Compartilhe:

O Botafogo esteve longe, mas muito longe mesmo de fazer uma boa partida contra o Náutico. No entanto, o fundamental era vencer, e isso foi alcançado. Entretanto, a pior coisa que o botafoguense e os próprios jogadores podem fazer é crer que as derrotas anteriores foram obras do acaso e que a partir de agora tudo voltará ao normal.

O time segue exageradamente lento, com uma saída de bola que se resume a chutões e não consegue realizar uma jogada em profundidade. Quando a marcação do adversário está encaixada – nem precisa ser das mais fortes -, o Botafogo se assemelha a um time de totó, com uma série de jogadores pregados à espera de uma sobra para iniciar o ataque. Sinceramente, se não fosse pelo Náutico – o pior time disparado da primeira divisão -, não sei se o Alvinegro conseguiria os três pontos.

Agora vejamos o lado bom da situação. Com a vitória, somada e muito relacionada à bela apresentação de Seedorf, é natural que o ambiente fique mais leve. A confiança, especialmente do holandês, reapareça. E é justamente este fator (Seedorf jogando bem) que pode fazer com o time recupere o futebol de outrora. Caso isso efetivamente ocorra, o risco de perder a vaga na Libertadores diminui consideravelmente.

No entanto, só conheceremos o efeito do triunfo desta quarta-feira nos próximos jogos. O seguinte é contra o Flamengo, uma chance de ouro para mostrar de que lado o Fogão está sambando.

Fonte: Blog Ninguém Cala - Lancenet!

Comentários