Certa vez, vendo um banner de Manga (“o melhor da história”)  num dos corredores do Engenhão, reclamou que aquilo deveria ser mudado para estimular o presente, “temos que falar do Jefferson, motivar os jogadores de hoje”. Obcecado por vitórias e foco, Seedorf sugeriu uma mudança no hino do clube – queria tirar a palavra “perder” dos versos “não podes perder, perder pra ninguém”. Para o holandês, o ideal seria usar “vencer” de alguma forma.

Fonte: Blog Bastidores FC - Globoesporte.com