Bolívar admite superioridade do Ceará e desabafa: ‘Primeiro tempo foi terrível’

Compartilhe:

A derrota por 2 a 1 do Botafogo nesta quarta-feira foi lamentada pelos jogadores. A explicação para o revés foi unânime. A má atuação do primeiro tempo, quando levou os dois gols, foi “terrível”, como definiu Bolívar. Por outro lado, todos admitiram também a superioridade do Ceará, que ainda perdeu um pênalti na etapa complementar.

“O jogo foi decidido no primeiro tempo. Foi terrível. Tentamos buscar, mas não deu tempo. Pecamos muito e custou a derrota. Não acho que fomos apáticos. O Ceará foi muito bem, tiveram melhores chances e concluíram bem. Sabemos onde erramos, o primeiro tempo foi muito abaixo do que podemos”, desabafou Bolívar.

Ao mesmo tempo que lamentam a derrota, os jogadores do Botafogo adotam um discurso otimista e projetam a classificação em Fortaleza, na próxima quarta-feira. Capitão da equipe, Jefferson lembra que o resultado da partida no Maracanã poderia ter sido ainda pior, já que ele defendeu um pênalti.

“É possível reverter. Se tratando e Botafogo, tudo é possível. Graças a Deus o resultado nesta quarta ficou de bom tamanho. Da para reverter sim. Temos como buscar na casa deles”, afirmou o camisa 1.

O discurso do capitão foi repetido por Edílson. O lateral direito, que falhou nos dois gols do Ceará, lamentou os gols sofridos em casa, mas deixa claro sua opinião. O Botafogo é mais time e tem condições de reverter o quadro.

“Está totalmente em aberto. Eles [Ceará] fizeram e nos podemos fazer [gols fora]. O inicio foi muito ruim e não queríamos levar gol em casa. Vamos analisar nossos erros friamente e tentar matar eles lá dentro [em Fortaleza].

Para reverter a situação, o Botafogo terá que vencer o Ceará por dois gols de diferença. Vitória por 2 a 1 leva a classificação para as penalidades. A partida será na próxima quarta-feira, em Fortaleza.

Fonte: UOL

Comentários