Bota esbarra em baixa produção no ataque e repete tentativas

Compartilhe:

O ataque do Botafogo segue tímido no Campeonato Brasileiro. O setor ofensivo alvinegro tem baixa produção e, nos últimos dois jogos, contou com a ajuda de Seedorf, que acertou dois arremates de longa distância e marcou os gols da equipe – com vitória sobre o Fluminense e derrota para o Grêmio. As opções de Oswaldo de Oliveira não têm sido efetivas, e a estratégia encontrada pelo treinador é insistir em nomes que pouco geraram resultado nesta temporada.

As alternativas para o ataque do Botafogo se repetem, isso porque o clube não conseguiu se reforçar neste setor após a conquista do Campeonato Carioca. A diretoria alvinegra esbarrou em problemas financeiros e descartou agir no mercado para contratar um jogador de peso. Rafael Marques é o dono da posição, mas marcou somente duas vezes no Brasileiro. Henrique e Sassá ganharam chances nas últimas partidas e também não conseguiram melhorar o rendimento do setor.

Novidade no elenco, Elias foi outro nome testado por Oswaldo, mas ainda não se destacou. Em sete partidas pelo torneio nacional, o Botafogo não conseguiu marcar mais de dois gols em nenhuma oportunidade. A missão de artilheiro segue com Seedorf, que soma três tentos no Brasileiro.

“Perdemos no detalhe, mas a equipe está de parabéns. O Botafogo sabe que vai ser difícil até o fim e não pode desanimar, nem adianta lamentar. Tem que pensar no próximo jogo e procurar a vitória”, afirmou Rafael Marques.

Na derrota por 2 a 1 para o Grêmio, o Botafogo pressionou durante todo o segundo tempo em busca do empate. No entanto, a defesa adversária conseguiu lidar com as tentativas alvinegras e segurou o resultado. Esquecido no elenco, Henrique voltou a ter chance ao entrar na vaga de Vitinho aos 30min do segundo tempo.

O Botafogo perdeu a liderança do Campeonato Brasileiro após a rodada deste domingo. O clube de General Severiano continua com 13 pontos na tabela. Na próxima rodada, o time de Seedorf enfrenta o Náutico, em partida marcada para São Januário, às 21h do próximo sábado.

Fonte: UOL

Comentários