Bota estuda até novo estilo de jogo para recuperar vitórias

Compartilhe:

A pior sequência sem vitória do Botafogo na temporada começou a provocar algumas mudanças no clube. Recentemente, o presidente Maurício Assumpção adotou um tom mais duro para cobrar a queda de rendimento no Brasileirão e até mesmo o estilo de jogo da equipe pode apresentar novidades. Após o empate por 1 a 1 contra o Fluminense, na última quarta-feira, o técnico Oswaldo de Oliveira admitiu que pode montar o time de maneira mais defensiva até que os bons resultados voltem.

“Os times que têm jogado contra o Botafogo se mostram defensivos, o que mostra a força e o respeito que nós adquirimos no campeonato. Nos últimos jogos no Maracanã as equipes atuaram dessa forma, até mesmo os rivais nos clássicos. E nos atrapalha muito. Temos que arrumar uma alternativa pra que nosso jogo volte a encaixar
Talvez não ir com tanta cede ao pote. Infelizmente não temos tempo para treinar, só minimizar o estrago. Vamos ver o que da para fazer”, disse Oswaldo.

Apesar de dificilmente mudar o esquema tático, já consagrado no 4-2-3-1, o técnico Oswaldo de Oliveira cogita alterações na marcação sob pressão nos adversários e na postura ofensiva. O time de General Severiano tem o quarto melhor ataque do torneio nacional, com 37 gols marcados, e a sétima melhor defesa, com 29 gols sofridos.

Para a partida contra o Grêmio, Oswaldo de Oliveira terá que realizar ao menos três alterações. O zagueiro Bolívar, o lateral Edílson e o volante Gabriel estão suspensos pelo terceiro amarelo. Dankler e Gilberto já foram confirmados na equipe, enquanto Lucas Zen e Renato brigam por uma vaga no meio-campo. Além deles, Hyuri e Elias também podem ganhar uma chance entre os titulares.

Na visão do lateral esquerdo Júlio César, voltar a vencer também contribuirá para recuperar a confiança da equipe. Ele lembra que o time de General Severiano disputou 19 partidas desde o início de agosto, em pouco mais de dois meses, e que a parte física também tem dificultado.

“Tem que ir no sacrifício, na dor. É repouso, conversa e superação, a cada jogo e treino. Não é só no Botafogo, é principalmente nos times da Copa do Brasil. Fazer o quê? O calendário está assim. Vamos nos superando a cada dia. É claro que as vitórias ajudam. Temos que voltar o mais rápido possível a vencer, que acabamos nos recuperando psicologicamente também”, declarou o lateral.

O Botafogo é o 3º colocado do Campeonato Brasileiro, com 43 pontos, 13 atrás do líder Cruzeiro. A equipe carioca enfrenta o Grêmio, que está dois pontos acima na tabela, neste sábado, às 18h30, no Maracanã.

Fonte: UOL

Comentários