Bota se antecipa em apelo por estádio cheio. Só não contava com novo revés

Compartilhe:

O Botafogo, antes mesmo da derrota para o Figueirense na noite desta quarta-feira, já antecipava apelo aos torcedores por um Maracanã cheio neste sábado, às 18h30, contra a Chapecoense. O desempenho no clássico contra o Fluminense motivou torcedores e diretoria – que abriu mão de um lucro maior, confirmou promoção nos ingressos e produziu vídeo com jogadores convocando alvinegros para o estádio.

Em vídeo publicado no site oficial do clube, gols da vitória em Brasília são exibidos antes de os jogadores exaltarem “nova caminhada” do time no Campeonato Brasileiro e adotarem discurso otimista para o jogo contra a Chapecoense. A derrota em Santa Catarina, no entanto, arrefeceu os ânimos da torcida.

A estratégia era aproveitar o embalo da vitória sobre o Fluminense para motivar torcedores a encher o estádio. O Alvinegro não joga no Rio de Janeiro há três semanas, no empate por 1 a 1 com o Cruzeiro. O argumento usado por diversos jogadores do elenco é em cima do triunfo sobre o Tricolor, mas um novo revés no Brasileiro fez o apelo perder força.

Sem grande presença de público neste ano desde a Copa Libertadores, o Botafogo encontrou novo obstáculo para encher o Maracanã neste sábado. A derrota com um futebol nada inspirado contra o Figueirense fez os torcedores voltarem a ver o time com desconfiança.

Para motivar a torcida do Botafogo, a diretoria aprovou valores que variam de R$ 10 a R$ 50 por ingresso nos setores sul, norte e leste. O plano é ter apoio dos torcedores para a equipe abandonar as últimas colocações do Brasileiro – em estratégia igual a do Flamengo na partida contra o Atlético-MG.

Após o jogo contra o Figueirense, o apelo por um Maracanã cheio permanecia. “Com todo o respeito ao Chapecoense, temos que matar o jogo em casa. Esperamos que a torcida compareça. Vamos precisar”, reforçou o goleiro e capitão Jefferson.

Com ou sem torcida, o Botafogo entrará no campo do Maracanã pressionado neste sábado. A equipe ocupa a 16ª colocação do Brasileiro, a um passo da zona de rebaixamento. A equipe de Vagner Mancini tem apenas 16 pontos na tabela e precisa da vitória para não entrar no grupo da degola.



Fonte: UOL
Comentários