Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

04/04/21 às 17:00 - Giulite Coutinho

Escudo Botafogo
BOT

1

X

1

Escudo Portuguesa
POR

‘Botafogo terá de entender qual é o seu tamanho hoje para continuar a existir’, alerta Galvão Bueno

23 comentários

Compartilhe

Galvão Bueno analisa Botafogo 2x5 Grêmio
Reprodução/SporTV

Já rebaixado e na lanterna do Campeonato Brasileiro, o Botafogo foi goleado pelo Grêmio por 5 a 2 nesta segunda-feira, no Estádio Nilton Santos. Logo após o término do jogo, o narrador e apresentador Galvão Bueno, no programa “Bem, Amigos!”, do SporTV, lamentou a situação na qual o clube se encontra.

No desabafo, Galvão lembrou do e-mail escrito por Carlos Augusto Montenegro, ex-presidente do clube e ex-membro do antigo Comitê Executivo, que acabou sendo vazado nesta segunda e gerou forte repercussão entre torcedores e imprensa.

– É tão gloriosa a camisa do Botafogo que realmente dói muito. Li a carta-desabafo do Montenegro, disse que qualquer empresa estaria fechada. Sou o único carioca de todos que estão aqui (no programa), e sou o único que vi Nilton Santos jogar com a camisa do Botafogo no Maracanã. Vi tardes gloriosas do Botafogo, com Didi, Quarentinha, Amarildo e Zagallo. Só comparava-se a Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe (do Santos). Eu vi a grandeza do Botafogo – contou Galvão, completando:

– Transmiti o título do Botafogo com gol do Maurício em cima do Flamengo. Fui quase que adotado por uma elite da crônica esportiva do Rio de Janeiro, alguns deles meus mestres, Armando Nogueira, João Saldanha, Sandro Nogueira, Oldemaro Tonguinhó, torcedores do Botafogo… Dói muito. Não gostei do Montenegro comparar com os outros times, mas o Botafogo vai ter de entender qual é o seu tamanho hoje para continuar a existir.

Galvão insistiu que o Botafogo precisa mudar seu jeito de adminstração, algo que tem o novo presidente, Durcesio Mello, tem batido muito na tecla.

– Falamos muito na coisa da gestão. É duro, é sofrido… O Botafogo precisa entender o tamanho, qual é a solução. Não há gestor que consiga levar o Botafogo à frente dessa forma, porque é impossível, o Montenegro falou um pouco isso – finalizou.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Comentários