Passada a vitória de 2 a 1 sobre o Juazeirense-BA, pela rodada de ida da segunda fase da Copa do Brasil, o Botafogo já concentra suas atenções na estreia no Campeonato Brasileiro, no domingo, às 11h (de Brasília), contra o São Paulo no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Preocupado com o duelo com o Atlético-MG na próxima quarta-feira pela Copa Libertadores, o Tricolor, conforme antecipou seu técnico Edgardo Bauza, mandará a campo uma escalação recheada de reservas. No entanto os botafoguenses preferiram focar em seu desempenho ao invés de pensar na equipe paulista.

“O Botafogo não pode se preocupar com o time que o São Paulo vai mandar a campo. Temos que pensar na nossa própria atuação e na melhor maneira de derrotar o adversário, que vai jogar na nossa casa. Vamos respeitar os profissionais que entrarão em campo e que com certeza tentarão dar seu melhor”, disse o zagueiro Emerson Silva, que não é o único a pensar desta forma.

“O São Paulo conta com um elenco muito qualificado, com jogadores experientes e tem peças de reposição justamente por estar brigando na Libertadores. Vamos precisar fazer uma grande partida se quisermos realmente conquistar o resultado positivo e largar com o pé direito neste Brasileiro”, avaliou o volante Rodrigo Lindoso.

Já o lateral-esquerdo Victor Luis lembrou que os objetivos dos reservas são-paulinos para este duelo:  “Muitas vezes enfrentar um time reserva pode ser mais complicado do que o titular. Quem entrar no domingo vai querer mostrar serviço para o comandante e por isso mesmo não podemos pensar na possibilidade de facilidade, pois não passaria de ilusão. O São Paulo tem um elenco de grande qualidade”, afirmou o jogador.

O Botafogo tem uma dúvida importante, pois o goleiro Jéfferson, com dores no braço direito, não tem escalação garantida. Se for vetado, Helton Leite assume o posto. O volante Aírton, recuperado de lesão no tornozelo esquerdo, reaparece após mais de um mês parrado. Suspensos contra o Juazeirense, o volante Bruno Silva e o atacante Ribamar ficam à disposição, assim como o zagueiro argentino Joel Carli, o lateral-direito Luis Ricardo e o meia Gegê, preservados no interior da Bahia. A escalação, porém, só vai ser definida no treino deste sábado, que vai anteceder à viagem para Volta Redonda.

Fonte: Gazeta Esportiva