Botafogo mira vitória quarta para dedicá-la ao técnico Oswaldo de Oliveira

Compartilhe:

O Botafogo ainda não definiu quem comandará o time na beira do campo, nesta quarta-feira, contra o Náutico, mas uma ideia é consenso entre todos no clube: uma vitória, além de reerguer o time após cinco jogos de jejum, servirá de homenagem a Oswaldo de Oliveira.

“Nós vamos em busca dos três pontos em Recife para dedicar a vitória ao professor e recuperar os pontos que deixamos escapar nas últimas rodadas”, disse Renato.

Oswaldo deve voltar ao batente na quinta-feira Foto:  Carlos Moraes / Agência O Dia

O treinador recebeu alta na tarde de domingo depois de sofrer uma arritmia no coração durante o segundo tempo da derrota para o Grêmio, no sábado, e terá de ficar de repouso por pelo menos 72 horas. O substituto contra o lanterna do Brasileirão será um de seus auxiliares. Luiz Alberto, Eduardo Húngaro e Jair Ventura “disputam” a vaga e o primeiro, que conhece o técnico há mais de 45 anos, é quem tem mais chances de assumir a função.

Para o volante Renato, é justamente Luiz Alberto quem tem mais semelhança com Oswaldo.

“A gente sabe que o Luiz é calmo, e ele pode ser o perfil que esteja à altura do Oswaldo, até porque trabalha com ele há muito tempo. O Duda (Eduardo Húngaro) conversa muito com a gente durante os intervalos dos jogos, o Jair também. Mas se fosse pra definir um parecido com o Oswaldo, seria o Luiz”, analisou o camisa 8.

No treinamento desta segunda, o trio de auxiliares conversou com os jogadores e Luiz permaneceu a atividade toda com uma prancheta, à la Joel Santana. Os três também levaram um papo de cerca de 10 minutos com Bolívar, que volta ao time depois e cumprir suspensão.

Outros reforços do Alvinegro para o duelo com o Timbu serão Elias, Hyuri e Edílson. Os dois primeiros estão recuperados das dores musculares que impediram que eles atuassem nas duas últimas partidas e o lateral-direito ficou fora na derrota para o Grêmio por ter recebido o terceiro amarelo. Quanto mais jogadores à disposição, mais fácil ficará o trabalho para quem for dirigir o time.

Fonte: O Dia Online

Comentários