Com altos e baixos no Campeonato Brasileiro, o Botafogo se prepara para enfrentar mais um adversário direto na briga para se afastar da zona de rebaixamento. Após falhar contra o Figueirense na última rodada e se ver ainda mais pressionado, o Alvinegro enfrenta a Chapecoense, no Maracanã, a partir das 18h30 deste sábado. Na gangorra botafoguense no torneio nacional, o planejamento de Vagner Mancini e jogadores é que uma vitória em casa confirme o período em alta da equipe.

Após vencer clássico contra o Tricolor, o Botafogo derrubou a confiança da torcida com uma atuação muito fraca em Santa Catarina. A expectativa é que a presença dos torcedores – o Botafogo não joga no Rio de Janeiro há três semanas – inspire os jogadores na busca por alívio na tabela.

Com 16 pontos, o Botafogo ocupa a 16ª colocação do Brasileiro. A Chapecoense tem 19 pontos e, na 12ª posição, vive dias menos tumultuados.

Sem espaço para erros, Mancini decidiu não mexer no time que acabou derrotado pelo Figueirense. Mesmo sem aprovar o desempenho alvinegro, o treinador irá repetir a escalação e aposta no entrosamento adquirido nos últimos dois jogos.

Emerson Sheik segue fora do time. Com isso, “Tanque” Ferreyra ganha mais uma oportunidade no comando de ataque. No setor defensivo, Dória segue como opção no banco de reservas. André Bahia ganhou a vaga e será titular mais uma vez.

“Estou tentando manter a equipe para alcançar um padrão. O Botafogo tem que mostrar ao seu torcedor que vai entrar nas partidas para alcançar as vitórias. O time é o mesmo. Não há motivos para mexer no time agora”, avisou Mancini.

O planejamento do comandante alvinegro é conseguir um triunfo no Maracanã que seja capaz de manter a equipe confiante na chance de manter o nível em rodadas consecutivas. As oscilações do Botafogo preocupam o treinador.

“Muitas equipes têm esse tipo de problema, que é do futebol brasileiro. Com falta de leitura de jogo e de como se jogar a partida, às vezes em um campo diferente. Um time maduro absorve todo esse ambiente e consegue render sempre”, avaliou Mancini.

A Chapecoense precisa aproveitar o momento conturbado para garantir um resultado positivo que seria suficiente mais se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento. Animados pela vitória sobre o Fluminense, os catarinenses têm bom retrospecto contra cariocas – também venceram o Flamengo, dentro de casa.

BOTAFOGO x CHAPECOENSE

Data/hora: 23/08/2014, às 18h30 (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Fabio Pereira (TO) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)

BOTAFOGO
Jefferson; Edilson, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Gabriel, Ramírez e Daniel; Zeballos e Ferreyra
Técnico: Vagner Mancini

CHAPECOENSE
Danilo; Fabiano, Enrique Meza (Grolli), Rafael Lima e Ednei; Wanderson, Abuda, Dedé, Zezinho e Camilo; Bruno Rangel
Técnico: Celso Rodrigues

Fonte: UOL