Apesar de ter sofrido um baque muito grande com a derrota de 1 a 0 para o Bahia no Rio de Janeiro, o Botafogo já deixou este confronto para trás e está de olho no futuro. O time volta a campo no sábado, às 21h(de Brasília), para visitar o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 35 pontos conquistados, o Glorioso sabe que precisa se distanciar da zona de rebaixamento. Por isso, planeja recuperar na condição de visitante os pontos que foram perdidos contra os baianos no Estádio Nilton Santos.

O técnico Zé Ricardo sabe que a tarefa não é fácil por conta do bom aproveitamento do Atlético-PR no Paraná.

“Vamos ter que buscar os três pontos lá na Arena. Jogar lá é difícil, time deles invicto lá há tempo, mas não tem jeito, vamos ter que nos preparar bem e fazer partida no nosso limite”, disse o treinador.

Os jogadores seguem a mesma linha de raciocínio.

“Sabemos que o resultado contra o Bahia não foi o esperado e agora vamos ter que levantar a cabeça e buscar os pontos que perdemos em casa na próxima partida como visitante. Teremos um jogo muito complicado com o Atlético Paranaense, mas o pensamento tem que ser o de pontuar para não começarmos a nos complicar mais na tabela de classificação. Temos condições de reagir apesar do grau de dificuldade do Campeonato Brasileiro”, disse o volante Rodrigo Lindoso.

O elenco voltou aos trabalhos nesta segunda-feira, mas como o dia foi de atividade regenerativa, apenas nesta terça-feira que Zé Ricardo vai começar a projetar a escalação que pega o Furacão. O zagueiro argentino Joel Carli e o volante Matheus Fernandes voltam a ficar à disposição após cumprirem suspensão contra o Bahia por acúmulo de cartões amarelos. O meia chileno Leonardo Valencia será reavaliado, pois vem se recuperando de dores na coxa esquerda. Na mesma situação se encontra o apoiador Renatinho, com dores na perna esquerda. Nesta terça-feira o plantel trabalha na parte da tarde.

Fonte: Gazeta Esportiva