Sem perder há sete rodadas, o Botafogo recebe a Chapecoense na próxima quarta-feira, no estádio Luso-Brasileiro. Atual quinto colocado do Brasileirão e muito próximo de assegurar a classificação para a Libertadores, o clube carioca não quer se acomodar e justamente por isso já tem jogadores do elenco pensando em conquistar quatro vitórias nestas últimas quatro rodadas para terminar o ano sem riscos e, quem sabe, evitar a fase preliminar do torneio continental.

“Para nós, tudo é possível. O primeiro objetivo é nos manter no G-6. Mas se ganharmos os quatro jogos, vamos subir na tabela. Nosso grande objetivo é manter o Botafogo na zona da Libertadores e consequentemente subir cada vez mais”, disse o lateral-esquerdo Victor Luis, que não descarta alcançar as três primeiras posições para evitar a pré-Libertadores.

Neste sábado o elenco treinou novamente e o técnico Jair Ventura sinalizou que o time pode ir a campo com novidades na quarta-feira. Contando com o retorno de alguns atletas lesionados, o comandante botafoguense terá mais alternativas para montar a equipe e a tendência é que ele abra mão do trio de volantes utilizado nos últimos compromissos.

Diogo Barbosa deve retornar ao meio-campo ao lado de Camilo. O lateral-esquerdo improvisado tem somado boas atuações com a camisa do Botafogo e ganhou moral com Jair Ventura. A escalação do jogador também deixaria o time com mais poderio ofensivo, fator fundamental para que o Botafogo seja ainda mais ameaçador contra a Chapecoense, já que irá atuar em casa e não perde há sete jogos.

Fonte: ESPN.com.br