A classificação para a Libertadores após 18 anos tornou a temporada de 2014 repleta de expectativa. Porém, nada saiu de acordo com o planejado e o que era sonho virou pesadelo. Queda precoce na competição continental e fracasso no Carioca. Atualmente, a equipe ainda luta contra o rebaixamento no Brasileiro. Mas existe uma luz no fim do túnel: a Copa do Brasil. Nesta quarta, às 22h, o Alvinegro inicia sua trajetória na competição diante do Ceará, pelas oitavas de final, no Maracanã.

Diante do atual cenário, a Copa do Brasil é vista como a oportunidade de amenizar os fracassos e terminar a temporada de forma honrosa. Assim, o Botafogo irá utilizar força máxima, ao contrário do Flamengo, por exemplo, que entrará em campo com time misto diante do Coritiba.

“Temos a chance real, é a chance mais próxima. O Campeonato Brasileiro é longo, temos de somar pontos… Já na Copa do Brasil são oito jogos, também é muito difícil. Primeiro, temos de pensar no Ceará, para depois seguir com vida na Copa do Brasil”, disse Ramirez, principal destaque da vitória sobre o Chapecoense.

“Vamos pegar um time que está na Série B, mas que é muito traiçoeiro. Tem dois atacantes que sabem fazer gol. Fui atleta e técnico do Ceará, tenho amigos lá e estava acompanhando o time o tempo inteiro. Não tenho dúvidas de que o Ceará vai ser tão difícil quando um time da Série A. Precisamos ter muito cuidado. No primeiro jogo é importante não sofrer gols para chegar com vantagem na volta porque isso repercute em termos emocionais”, completou o técnico Vagner Mancini.

Para a partida, o Botafogo não poderá contar com Daniel, que não se recuperou das dores na coxa direita. Com dores no tornozelo, Carlos Alberto segue no departamento médico. Por outro lado, o técnico Vagner Mancini tem o retorno de Emerson Sheik, livre de um torcicolo que o tirou dos últimos jogos.

Ceará terá desfalque de Magno Alves e outros quatro

O Ceará terá dificuldades para arrancar um resultado positivo diante do Botafogo no Rio de Janeiro. O Vozão não contará com seu principal jogador. Magno Alves será poupado para que possa permanecer em alto nível ao longo da temporada. Além disso, o atacante de 38 anos está em meio a uma negociação com o Fluminense, que adotou tom pessimista para a transferência, já que o Alvinegro cobra o pagamento da multa rescisória.

E Magno Alves não é o único desfalque. Além do Magnata, o técnico Sérgio Soares não poderá contar com o lateral esquerdo Vicente e dos atacantes Gil, Lulinha e Lima, que defenderam outras equipas na Copa do Brasil.

BOTAFOGO X CEARÁ

Data e horário: 27/08/2014, às 22h (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Neuza Ines Back (SC) e Rosnei Hoffmann Scherer (SC)

BOTAFOGO
Jefferson; Edílson, Bolívar, André Bahia e Júnior César; Airton, Gabriel, Ramirez e Zeballos; Sheik e Tanque Ferreyra
Técnico: Vagner Mancini

CEARÁ
Luis Carlos, Samuel, Sandro, Anderson, Helder, João Marcos, Ricardinho, Eduardo, Nikão, Souza e Bill
Técnico: Sérgio Soares

Fonte: UOL