Os números do bom início de Brasileiro do Botafogo impressionam. Não exatamente por serem positivos, mas justamente por não colocarem o time de Jair Ventura entre os mais virtuosos. O alvinegro começou a décima rodada como o terceiro que menos troca passes certos (só Atlético-GO e Coritiba são piores), o terceiro em posse de bola (Atlético-GO e Avaí têm menos) e o que menos finaliza entre os 20 times da Série A. Trata-se de um time que exerce pouco o domínio com a bola nos pés e que não vence por sufocar o adversário em sua área.

Mas, afinal, como um time com essas características pode ter encerrado a nona rodada no G-4? A resposta talvez esteja na eficiência. Se não tem a bola, o Botafogo trata de tomá-la do adversários. É o quarto time com mais desarmes e o segundo que mais lança, o que mostra que o time está sempre disposto a encerrar a jogada com rapidez. E o faz como poucos times do Brasileiro.

O Botafogo tem a terceira melhor relação de gols por finalizações. São 6,9 chutes para marcar. Só Grêmio e Corinthians são melhores nesse quesito. O levantamento feito com os números das nove primeiras rodadas foi feito a partir das estatísticas do Footstats. Hoje, às 20h, no Engenhão, o time tentará aumentar esse número contra o lanterna Avaí.

Apesar da fragilidade do adversário, que perdeu todos os cinco jogos que fez fora de casa, o Botafogo prega a humildade na partida de hoje.

— Temos de estar focados. Não pode dar mole em casa, precisamos desses três pontos — afirmou Igor Rabello. — Nenhum momento a gente está pensando no Avaí como lanterna. É um time de qualidade, conheço os jogadores.

Jair Ventura tem duas baixas certas para o jogo: Joel Carli e João Paulo. Os dois jogadores são importantes. O zagueiro argentino é o capitão do time. O treinador ainda não confirmou se ele será substituído pelo jovem Marcelo, destaque do início da temporada, ou pelo experiente Emerson Silva.

Talvez maior falta fará João Paulo, também suspenso por cartões. Jogador que teve um início de ano irregular, ele viveu sua melhor fase justamente quando as estrelas Montillo e Camilo estavam lesionados ou longe da forma ideal. Atrás apenas de Lindoso e Victor Luís, o meia é um dos jogadores que mais dá passes certos no time. Hoje, ele pode ser substituído justamente por Montillo, que, recuperado de lesão, entrou no segundo tempo dos últimos cinco jogos.

Como tem jogos importantes em breve — Atlético-MG pela Copa do Brasil na quinta-feira, e Nacional, do Uruguai, pela Libertadores, na semana seguinte —, Jair pode poupar outros jogadores. Lindoso e Matheus Fernandes são os favoritos para ficarem fora. Em compensação, o treinador terá o lateral-direito Luís Ricardo, que não atua há dez meses, como opção no banco. Ele está recuperado de uma fratura no tornozelo.

BOTAFOGO X AVAÍ

Botafogo: Gatito, Arnaldo, Marcelo (Emerson Silva), Igor Rabello e Victor Luís; Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense), Bruno Silva, Matheus Fernandes e Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger.

Avaí: Kozlinski, Leandro Silva, Gustavo, Betão e Capa; Luan, Judson, Wellington Simião e Juan; Romulo e Júnior Dutra (Joel).

Juiz: Caio Max Vieira (RN).

Local: Engenhão.

Horário: 20h.

Transmissão: Premiere e Rádio Globo.

Fonte: O Globo Online