Depois de uma ascensão meteórica no Carioca-2016 com a camisa do Botafogo, o atacante Lucas Ribamar deve retornar ao futebol brasileiro. O jogador deve ter seu contrato rescindido com o Munique 1860, da Alemanha, já que o clube foi rebaixado para a Terceira Divisão e deve-se tornar amador.

Dono do Munique 1860, o sheik Hasan Abdullah Ismaik não fará mais investimentos, e os principais jogadores serão liberados. O clube também não tem condições financeiras para pagar as licenças para disputar a Terceira Divisão e, provavelmente, disputará a Quarta Divisão na condição de amador. Ribamar foi a contratação mais cara da história do clube alemão: € 2,5 milhões (R$ 9 milhões na época).

O jovem atacante de 20 anos está passando férias no Brasil e vive um momento difícil, já que sua mãe faleceu recentemente vítima de câncer. Em maio, ele chegou a ser oferecido ao Botafogo, mas o clube desistiu devido aos altos valores. Como agora ele deve ser liberado, o negócio se tornaria mais viável.

Ribamar em ação pelo Munique 1860Ribamar em ação pelo Munique 1860 (Foto: Divulgação)

– É realmente um a hipótese muito grande a liberação do clube alemão. É praticamente certa. E voltar ao Brasil também é uma boa hipótese. A partir de agora vamos começar a escutar os interessados – disse Frederico Moraes, agente do atleta, que assegurou por enquanto não ter conversado com nenhum clube brasileiro.

Ribamar fez apenas quatro jogos na temporada 2016/2017 pelo clube alemão, sempre entrando no segundo tempo, e somou somente 60 minutos em campo, sem fazer gols. Pelo Botafogo, foram quatro gols em 32 partidas.

Fonte: Globoesporte.com