A eliminação do Campeonato Carioca fez o Botafogo mudar sua rotina. Em vez dos treinamentos com bola dentro de campo, os jogadores parecem estar no início do ano, bom bastante atividades físicas. O objetivo da intertemporada durantes as miniférias é claro: melhorar o condicionamento para voar durante a reta final da fase de grupos da Libertadores.

Após vencer o Independiente José Terán-EQU, por 1 a 0, no Maracanã, o Botafogo ficará 15 dias sem entrar em campo novamente, o que só ocorrerá no dia 2 abril, contra o União Española-CHI, no mesmo estádio.

As atividades nesta quarta-feira ocorreram em General Severiano, mas não no campo principal. Os jogadores se reuniram em um campo de gramado artificial para suarem a camisa sob o comando do preparador físico Ricardo Henriques. E o Botafogo está decidido a deixar seus atletas na ponta dos cascos, já que haverá novo treinamento de tarde, no Engenhão.

Chinês da base participa do treinamento

Como parte do processo de integração entre categoria de base e futebol profissional, o chinês Tang participa de uma semana de treinamento como o elenco principal. Sem entender o idioma, ele ficou bastante deslocado já que não conhece os atletas, que até tentaram deixa-lo à vontade, mas sem muito sucesso.

O Botafogo volta a campo no dia 2 de abril, quando medirá forças com o União Española-CHI, no Maracanã. Caso o Alvinegro vença os chilenos, o time de General Severiano estará automaticamente classificado para as oitavas de final da competição continental.

Fonte: UOL