Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

À espera do fim da pandemia, Campeonato Carioca ainda não tem definição sobre TV, estádios e público

4 comentários

Compartilhe

À espera do fim da pandemia, Campeonato Carioca ainda não tem definição sobre TV, estádios e público
Reprodução/Premiere

O Campeonato Carioca 2021 já tem fórmula e tabela da fase principal, mas ainda restam definições sobre os estádios que serão utilizados, presença de público e efeitos da pandemia. Em entrevista exclusiva à Super Rádio Tupi, Marcelo Viana, diretor de competições da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ), trouxe mais detalhes sobre as projeções para o início do Estadual.

Marcelo Vianna explica como administrar o Campeonato ainda na pandemia.

– As dificuldades estão presentes no nosso dia a dia, na parte profissional e na vida pessoal. Não dá para ficar lamentando, tem que trabalhar, imprimir um ritmo com segurança. O protocolo Jogo Seguro já existe, vamos ter reunião com todos os médicos para encontrar o melhor caminho, examinar o cenário e continuar jogando com segurança, criando biossegurança e normativas, mais ou até melhor que o Campeonato Carioca de 2020, que foi o primeiro a voltar e voltou com total segurança. Buscando encontrar as autorizações dos órgãos governamentais, principalmente na área de saúde. A partir do momento que puder botar público no estádio, vamos colocar. Não podendo, vamos encontrar caminhos para os clubes, para terem jogos com segurança e o menor custo possível. A vida precisa seguir, temos que trabalhar e encontrar o melhor caminho para tudo isso ser desenvolvido.

Vianna fala sobre ajuda financeira aos clubes pequenos.

– Não tenha dúvida que enquanto durar a pandemia e não se puder colocar público nos estádios, a Federação vai procurar diminuir custos, taxas e o que for possível dentro da lei. Há itens que não conseguimos, são estabelecidos por lei, as pessoas trabalham e precisam receber. Nossa área comercial está voltada para buscar recursos para o Campeonato Estadual. O principal é deixar todos informados do que está acontecendo, das possibilidades de ganhos, para que não ninguém se surpreenda e possa organizar sua gestão de acordo com o cenário.

O diretor de competições fala sobre as indefinições dos estádios e presença de público.

– A questão envolvendo os estádios, dentro do regulamento, foi construído como se fosse haver público. Há um adendo, em um artigo, que o protocolo Jogo Seguro vai fazer todo o balizamento da questão de estádios enquanto durar a pandemia ou não puder haver público no estádio. Já foi construído regulamento para campeonato com público e, a partir da virada do ano, vai haver melhor análise do protocolo Jogo Seguro, com os médicos, para o campeonato ser disputado sem público. Sempre procurando entender uma dinâmica que desprenda menor força financeira dos clubes enquanto não conseguirmos ter receita de bilheteria.

Marcelo Vianna analisa as negociações para a transmissão pela TV.

– Essa questão ainda está sendo trabalhada pelo nosso departamento comercial, parcerias foram acionadas e montadas, busca árdua no mercado e entendimento com os clubes sendo construído. Acreditamos que em pouco tempo vamos poder passar maiores informações, com contratos assinados. Temos bastante otimismo, um produto bom, com quatro marcas fortes no estado, no Brasil e no mundo. Dentro desse otimismo, e com toda competência que estou vendo ser implementado pelo departamento comercial e pela empresa que tem parceria com a Ferj, não tenho dúvidas que em breve vamos estar divulgando e apresentando nossos parceiros para os clubes jogarem o campeonato e terem uma boa receita.

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Tupi

Comentários