Candidatas do Rio à Musa do Brasileirão param comércio no Mercadão de Madureira

Compartilhe:

Um senhor parou, olhou e desabafou: “Mata o velho”; funcionários aproveitaram a brecha no horário de almoço e torceram o pescoço; um torcedor ameaçou trocar de time; fotos de celulares, elogios, brincadeiras. A presença das candidatas do Rio de Janeiro à Musa do Brasileirão parou o Mercadão de Madureira. Monaliza Quintes (Botafogo), Larissa Pacífico (Flamengo), Bruna Barreto (Fluminense) e Débora Araújo (Vasco) vestiram as camisas dos seus clubes, capricharam nos modelitos, desfilaram pelos corredores do agitado centro comercial na Zona Norte carioca, bateram bola, receberam elogios e demonstram confiança em conquistar o título.

Aos 28 anos, Monaliza Quintes, moradora de São Gonçalo, representa o Botafogo. De camisa alvinegra amarrada às costas, ela deixou parte de barriguinha à mostra, investiu num short jeans curto e comentou sua participação.

– É muito legal participar do concurso, ainda mais representando o Botafogo, meu time de coração. Claro que quero vencer. Mas o reconhecimento que estou tendo já é muito legal – afirmou Monaliza.

A musa do Botafogo lamentou a má fase de Seedorf, mas classificou o jogador como o “porto seguro do time”. No quesito beleza, ela aponta seu favorito:

– O Lodeiro é o mais bonito.

Enquanto andava pelo Mercadão de Madureira, um torcedor rubro-negro chegou a brincar quando avistou Monaliza:

– Troco até de time.

mosaico Musas brasileirão rio de janeiro (Foto: André Durão)
Musas de Bota, Fla, Flu e Vasco roubaram a cena no Mercadão de Madureira (Foto: André Durão)

Mas o Flamengo também estava muito bem representado por Larissa Pacífico. Aos 19 anos, a musa rubro-negra combinou uma calça preta justa com a camisa do seu time e revelou que já é reconhecida nas ruas.

– Muitas pessoas me veem e perguntam se sou a musa do Flamengo. Tudo muito diferente, nunca passei por isso. Nas redes sociais também tem muito retorno – afirmou Larissa.

A candidata à Musa do Brasileirão elegeu Elias como o melhor jogador do elenco rubro-negro, apontou Marcelo Moreno como o mais bonito. Mas, para a torcida, Larissa é a “craque” do momento:

– Ouço cantadas engraçadas, me divirto. Mas existe respeito.

Durante o passeio, foi possível ouvir, no mínimo, meia dúzia de marmanjos usarem a expressão “ela bate um bolão”.

Fred perde vaga para candidata tricolor

Bruna Barreto representa o Fluminense. Com camisa tricolor, short jeans e salto alto, a candidata exibiu largo sorriso e encantou outra ala de frequentadores e comerciantes do Mercadão de Madureira. Estudante de Biologia, ela tem apoio até mesmo do namorado, que é torcedor do Flamengo.

– Sempre fui apaixonada por futebol. A torcida já está me reconhecendo quando vou aos jogos. Tinha participado de concurso de miss, porém mais por hobby mesmo. E meu namorado me apoia – afirmou Bruna.

Enquanto caminhava pelos corredores do centro comercial, alguns passantes chegaram a brincar:

– Fred, nada. Ela que é a craque do Fluzão.

Na opinião de Bruna, Fred também perdeu. Para ela, o goleiro Diego Cavalieri é o muso da equipe tricolor. Com a bola rolando, Rafael Sobis foi eleito o jogador de destaque da equipe.

Musa do Vasco deixa vergonha de lado

Ao chegar ao Mercadão, Débora Araújo logo atraiu olhares. Pouco antes de iniciar o desfile pelos corredores a bordo de uma calça justa e camisa do Vasco, ela deixou escapar:

– Estou com vergonha.

Mas logo passou. A candidata vascaína recebeu elogios, parou para fotos, mandou beijinhos,  fez biquinho, conquistou fãs e, em pouco tempo, admitiu, sorrindo:

– Já estou sem vergonha.

Débora revela que quase não entra na disputa pelo título de Musa do Brasileirão.

– Estou adorando participar. No começo, sou meio tímida, travadinha, pensei duas vezes, mas recebi apoio e decidi arriscar – disse a candidata, que elegeu Juninho Pernambucano como melhor jogador da equipe e Pedro Ken como o destaque no quesito beleza.

Em meio às lojas de brinquedos, frutas, artigos de candomblé, tecidos, pipas e mais uma infinidade de produtos oferecidos no Mercadão de Madureira, as candidatas de Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco viraram atração principal. Elas foram acompanhadas por olhares curiosos, tiraram fotos com crianças, ouviram galanteios e esquentaram a corrida ao posto de Musa do Brasileirão, concurso que atravessa fronteiras.

Ao cruzar com o quarteto, um senhor de traços orientais e sotaque carregado, deixou escapar:

– Muita mulher bonita, né?!

Fonte: Globoesporte.com

Comentários