Cobertura da Fonte Nova se rompe (e o Engenhão interditado!)

Compartilhe:

Membrana da cobertura rompeu na manhã desta segunda-feira (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Parte da membrana de cobertura da Arena Fonte Nova, estádio que receberá jogos das Copas das Confederações e do Mundo, em Salvador, se rompeu na manhã desta segunda-feira (27). Não houve feridos.

De acordo com a assessoria da Fonte Nova Negócios e Participações (FNP), responsável pela arena, o incidente ocorreu no setor leste da arena após as intensas chuvas que atingiram a capital baiana na madrugada.

Em nota, a empresa disse que “durante as fortes chuvas, houve um acúmulo de água em um dos 36 painéis da membrana da cobertura, localizado no setor leste, provocando o seu rompimento”. “As causas do incidente já estão sendo apuradas e os serviços de reparo no local já foram iniciados”, informou a FNP.

Parte de cobertura da Arena Fonte Nova rompe (Foto: Imagens / TV Bahia)Parte de cobertura da Arena Fonte Nova rompe e técnicos trabalham para arrumar ainda nesta segunda-feira (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Chove forte na capital baiana desde a noite de domingo (26). Ruas ficaram alagadas e o trânsito parou em diversas avenidas. O mau tempo também afetou o funcionamento de semáforos.

A assessoria da FNP afirmou que o equipamento danificado passou por avaliação técnica na manhã desta segunda-feira. A avaliação deve apontar se houve danos à estrutura.
A Arena Fonte Nova é coberta por uma lona tensionada, mais conhecida como membrana. A cobertura, segundo a assessoria da Fonte Nova Negócios e Participações, é feita com um material impermeável.

Procurada, a Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo (Secopa) informou que o posicionamento oficial do incidente ficará a cargo da FNP.

Fonte Nova
A Arena Fonte Nova foi inaugurada oficialmente no dia 5 de abril, com pontapé inicial da presidente Dilma Rousseff e presenças do governador da Bahia, Jaques Wagner, e do prefeito de Salvador, ACM Neto. A primeira partida no novo estádio, após dois anos e oito meses de obras, foi um clássico entre Bahia e Vitória, no dia 7 de abril, acompanhado por mais de 40 mil torcedores.

O estádio será palco de três partidas da Copa das Confederações, que começa no dia 15 de junho e vai até o dia 30 do mesmo mês. O primeiro jogo será no dia 20, entre Nigéria e Uruguai. No dia 22, Itália e Brasil se enfrentam nos gramados baianos. A última partida no local será a disputa pelo terceiro lugar na competição, no dia 30.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários