A derrota do Atlético-PR na final da Copa do Brasil manteve o time como rival de Grêmio, Goiás, Botafogo e Vitória no Campeonato Brasileiro na briga por uma vaga na Taça Libertadores. Caso tivesse conquistado o título, sairia da disputa pois já teria seu lugar assegurado na competição sul-americana.

Apesar da situação, o Botafogo mantém sua concentração na disputa pela vaga e terá pela frente o Coritiba, domingo, no Couto Pereira. Basta vencer para voltar a ficar entre os quatro primeiros colocados. Hoje, o time é o quinto, com 58 pontos.

– Temos que pensar na gente e esquecer dos outros. O nosso foco é a vitória e vamos com esse intuito. O que vai acontecer nos outros jogos não tem muito a ver – comentou o lateral-esquerdo Julio Cesar.

A única mudança que pode acontecer é em caso de título da Ponte Preta na Copa Sul-Americana. Se for campeão, o clube garante uma vaga na Libertadores do ano que vem e faz com que apenas os três primeiros do Campeonato Brasileiro sigam o seu caminho. O quarto ficaria fora.

– Só vai mudar o G-4 se a Ponte Preta for campeã da Sul-Americana. Mas a preocupação é só com a gente. Temos duas decisões e com os seis pontos estaremos na Libertadores – afirmou Julio Cesar.

O Botafogo não disputa a Libertadores desde 1996. Depois do Coritiba, o time ainda enfrenta o Criciúma, no Maracanã, pela última rodada do Brasileiro.

Fonte: Globoesporte.com