O Botafogo ainda não desistiu de contratar Rony. Segundo o site Globoesporte.com, o atacante terá uma reunião nesta segunda-feira em São Paulo com seu representante e os do Alibrex Niigata no Brasil. Na pauta, o contrato e a vontade do jogador de permanecer no país e defender o Botafogo, devido ao nascimento do filho.

Rony tenta a liberação junto ao Alibrex Niigata, que recentemente contratou os brasileiros Thalles, do Vasco, e Alex Muralha, do Flamengo. Caso não haja entendimento para a liberação, o Cruzeiro terá de ressarcir o Botafogo em mais R$ 1 milhão – já pagaram R$ 4 milhões -, pois Rony estava envolvido na negociação que levou Bruno Silva à Raposa.

Fonte: Globoesporte.com